Subir Subir
terça-feira, 2 de agosto de 2011

Locais héteros, vou ou não vou?

Muito me assusta escrever sobre isso, até por que odeio essa divisão entre mundo gay e mundo hétero, mas infelizmente a homofobia ainda é grande em todos os lugares desse país.
Um fato muito chato e revoltante, aconteceu com um grupo de amigas lésbicas femininas numa boate "hétero", além de muitos carinhas darem em cima delas, em um certo momento da noite um casal de amigas  foram a um canto escuro da boate e estavam se beijando, ao entrarem na pista um cara mexeu com uma das meninas a namorada respondeu aos desaforos, e levou um soco. Os seguranças separaram a briga e expulsaram o rapaz, o mais revoltante foi que minhas amigas queriam dar queixa na policia, e choquem, a policia não quis ir até o local. E os donos da boate não tomaram nenhuma atitude.



Por essas e outras meninas que não gosto de frequentar lugares "héteros" pois não me sinto a vontade para trocar carinhos com minha namorada, apesar de sermos discretas mas não poder ser carinhosa me deixa tensa.
Mas como ainda vivemos num mundo onde se tem divisões algumas atitudes podem ser tomadas para evitar esse tipo de violência, em locais héteros:
-Seja apenas educada, pois simpatia pode ser confundido como está dando mole.
-Tente ser discreta com trocas de carinho e demonstrações de afeto.
-Se poder evitar locais héteros evite.
-Caso alguém pedir seu telefone saia com essa "eu estou sempre por aqui agente se esbarra", mesmo que você nunca mais frequente o tal local.
-Lembre-se as pessoas fingem aceitar, mas muitas tem preconceito.
Não estou aqui levantando a bandeira do esconda-se, porém temos que ser realistas 60% da população não querem ver beijo gay na tv, imagina no suposto lugar deles?

http://noticias.uol.com.br/cotidiano/2011/08/01/pesquisa-aponta-que-6-em-cada-dez-brasileiros-rejeitam-o-beijo-gay-nas-novelas.jhtm
Pensem nisso.

Beijos da sua lésbica feminina preferida


12 comentários:

gringa japa disse...

Nossa que Absurdo isto. Bom eu sei que violência não se resolve na violência e sim no dialogo, porem eu não deixaria quieto. Se eu encontra-se com este Cara, CAPAVA ELE hahahahaaha

*_* Ótima postagem!

Bê & Bê disse...

Também tenho problemas com lugares onde não posso trocar carinho com a namorada. Mas graças a deus aqui no rio é um pouco mais tranquilo, andamos de mãos dadas, nos abraçamos e fazemos carinho na maioria dos lugares e nunca sofremos nenhum preconceito.
Não sei em qual estado aconteceu esse caso das suas amigas, mas aqui no RJ, qualquer tipo homofobia é crime, de acordo com leis e decretos estaduais e municipais. #orgulhodesercarioca

Beijos, G.

Roberta disse...

Já aconteceu isso com o meu grupo de amigas, numa boate que é gay, mas sábado é cheia de HT. =S

Garota de ideias disse...

Que horrível isso! =/
Eu morro de medo que um dia uma coisa dessas aconteça com o meu bebê! Nós somos bem normais, os nossos amigos são héteros e frequentamos sim lugares héteros claro que por mais que eles NÃO nos respeitem, nós respeitamos eles e não ficamos nos agarrando. Ficamos de mãos dadas e trocando carinho, nada de mais. Por mais que sejamos discretas o clima fica tenso, quando as pessoas insistem em ficar nos olhando! Mas fazer o que!? Não vamos ficar trancadas em casa pelo bem da população preconceituosa nem deixar de frequentar os lugares que gostamos!

A namorada.

Menina L disse...

Infelizmente isso acontece e fico muito triste mesmo.

Anônimo disse...

Não muito a ver com o assunto dos ''locais héteros''...
A imagem que tem nessa postagem acho meio errada, pelo nome ''opção'' que tem nela. Não sei explicar homossexualidade, acho que não deveria se procurar respostas para isso, mas é irrelevante, não sei se é genético ou qualquer outra teoria que tentam dar, mas sei que não escolhi ser gay e tenho certeza que ninguém fez essa ''escolha''. Sinceramente se fosse pra escolher eu iria preferir mil vezes ser hétero do que ser gay, não por ser ruim, mas por ser extremamente difícil, tenho muito orgulho do que sou, mas não iria ''escolher'' passar pelas coisas muito complicadas e não muito boas pelas que passei, não ''escolheria'' ter um pouco de medo ao andar na rua com uma namorada, de ficar escutando um monte de porcaria de família e pessoas que nem conheço, e muitas outras coisas. Sem contar o que acontece pior com outras pessoas.
Só gostaria, se possível, que desse para repensar um pouco sobre essa palavra, que provavelmente pra você e para muitas pessoas não faz nenhuma diferença, mas que deveria, pois essa palavra esta se referindo a nós.

Menina L disse...

Também concordo com o termo opção, porém é assim que somos vistos, não acho que ninguém escolhe ser gay.

lisianelima disse...

É verdade,muita gente finge que aceita mas lá no fundo as vezes nem tão fundo assim escondem seus verdadeiros falsos valores.Por isso temos que estar mais do que preparadas para demonstrações de preconceitos que achavamos ultrapassados.Fico triste que ainda exista pessoas assim,mas é a realidade.

Carina disse...

Homofobia não se justifica, se combate e se destrói, somos todos iguais!!
Ótimo post como sempre. Parabéns pelo blog, não canso de dizer isso, aqui temos espaço, aqui podemos nos expressar. Wonderful :)

Anônimo disse...

realmente eh complicado termos uma vida de um casal "normal", eu e minha Vida, somos tranquilas qto a isso ate mesmo pq ela eh a primeira mulher que eu ja fiquei, antes de mim ela era casada a 3 anos c outra mulher, mas segundo ela nunca deram um beijo fora de casa... ja nós duas, é super natural.. beijo e abraço no ponto de onibus, na balada HT, na rua... em qq lugar.. e olha q moro em SP...

Clara disse...

Quando eu dei o meu primeiro beijo em uma menina, foi em uma festa da escola.A gente foi p/ um lugar mais reservado, só q tinham uns seguranças q estavam perto. Eles ficavam falando coisas horriveis tipo:isso é falta de piroca, se um macho pega-se de jeito ñ taria fazendo isso, etc. Foi constrangedor, só q tava tão gostoso q eu só parei olhei p/ ela disse " acho q estão falando da gente", ri e continuei a beijá-la. E mesmo com os babacas falando merda foi o melhor beijo da minha vida. Realmente frequentar ligares heteros é complicado, mais eu frequento com amigas minhas numa boa só q é mais dificil pegar alguém :/

Anônimo disse...

Gostei tanto do seu blog -.- Parabéns.

Postar um comentário

Comentários anônimos por favor coloquem um apelido para que possa identifica-las quando for responder.Só serão aceitos comentários que estão dentro do contexto do blog.Comentários agressivos ou de tom preconceituosos não serão aceitos.

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More