Subir Subir
sexta-feira, 30 de setembro de 2011

Religião X Homossexualidade.

Volta e meia toco nesse assunto por que sempre recebo comentários de pessoas supostamente religiosas, condenando ou até mesmo xingando o blog. Pois bem não é por ser contra religião que não posto os comentários, mas sim por achar uma falta de respeito impor sua religião a outras pessoas.
Vejam o que me foi enviado:


Só dando resposta as minhas amigas religiosas mal resolvidas meu blog não é espaço para isso não sou contra mas não confundam as pessoas com pensamentos e distorção da bíblia. Achei um vídeo do Padre Fabio de Melo dando resposta sobre o que os religiosos da igreja católica acham sobre a homossexualidade vale a pena conferir.


Então vejam e reflitam Deus é amor não é julgamento.
Beijos da sua lésbica feminina preferida.

16 comentários:

Marina disse...

Eu assisti esse programa ao vivo quando passou... acho que o mundo precisa ver esse vídeo!!

Sou católica praticante, amo minha religião e meu Deus e sei bem o quanto o preconceito é grande dentro das igrejas... sempre tem alguém pra te julgar. Não sou assumida exatamente por isso... ainda não to pronta pra lidar com tudo isso =S

Mas enfim... sempre q posso divulgo esse vídeo nas minhas redes sociais...

Quando ouço alguém dizendo q isso é pecado ou qualquer outra coisa pra mim ou pra alguém sempre falo: "Julgar tb é um pecado mortal portanto se for assim nos vemos no inferno kkkkkk"

Escrevi demais, mas ameiiii seu blog!! =P

Bjxxx

Fenix disse...

A verdade é que as pessoas se apegam tanto a religiões que acabam se esquecendo de viver, e se esse Deus do qual as religiões pregam é amoroso, ele vai nos aceitar do jeito que somos, aliás segundo a bíblia somos feitos a imagem dele. Somos a criação dele.

Illana Gomes disse...

Desculpe comentar, mas o termo "Homossexualismo" está colocado erradamente..
o sufixo "ismo" designa algo como doença; pois isso que antigamente se chamava desta forma, porém hoje já é sabido e reconhecido que não é doença e sim uma condição.
Sendo assim, a forma correta de falar e escrever é "homossexualidade" que traduz uma ideia de situação, estado ou qualidade.

Menina L disse...

Obrigada pela dica já corrigi.

 Juliana disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Garoto ácido disse...

Não haveria uma melhor resposta!As pessoas tem que parar de empurrar sua "crença" garganta abaixo das pessoas.

Anônimo disse...

Esse final do video é sensacional... Sou católica e vivo minha homossexualidade tranquilamente, não ao público, pois nao me assumir, mas dentro de mim, que eh mto mais importante.. pq sou extremamente feliz com o amor que a mulher da minha vida me proporciona.. Seu blog eh ótimo!! Adoro tudo que escreve!

Menina L disse...

Você falou a palavra certa "homossexualidade tranquilamente, não ao público, pois nao me assumir, mas dentro de mim, que eh mto mais importante.." Falou é disse o importante é esta feliz consigo mesma.

Sue R.S disse...

É o mundo precisa escutar isso sim... mas a verdade é que as pessoas que acreditam que ser homossexualidade é pecado,e que é a coisa mais aberrante do mundo, não gostam nem de olhar para esses vídeos.
Eu estou passando por esse problema em casa, assumi que gostava de mulher e as coisas se tornaram muito difíceis, brigo directo com a minha mãe, meu padrasto vive ponham do lenha na fogueira...única que aceita é minha irmã. e bem complicado a gente fica em cima do muro, sem saber se faz a família feliz ou se fazemos nó s felizes, parece idiota dizer isso, porque cada um tem sua vida e escolhe seus caminhos, mais que passa por isso sabe do que estou falando.

beijos Sue R.S

Rayane Freitas disse...

Muito complicado pra mim ainda essa questão,
Cresci na igreja meus pais são pastores,mas minha igreja jamais aceita homosexoalismo por isso não vou mas.
mas continuo com certeza acreditando muito em Deus sei que tudo depende dele nesse mundo e na minha vida...
as vezes tenho até medo de não dar certo meu casamento pelas coisas que eu ja ouvi em relação a isso na igreja.
mas confesso que gosto de ir na igreja mas como não aceita minha opição la eu não me sinto 100% feliz quando estou la...
eles sempre falam isso é pecado vc tem que escolher ou o pecado ou a igreja...
e eu digo eu escolho ser feliz...!

Anônimo disse...

Pai, perdoai os homofóbicos!

Pai,

Perdoai aqueles que se dizem

Seus porta-vozes,

Que acreditam que estão fazendo justiça em Vosso nome

Tem compaixão por

Seus filhos que usam a Bíblia para proferir inverdades contra nós.


Pai,

Sabes que o que fazemos não é pecado

Que amamos nosso igual, porque cremos na dádiva maior que é o Amor.

Sabes também que temos fé e que nossas crenças não são diferentes da maioria.


Por isso,

Pai, proteja-nos

dos ataques que recebemos diariamente

Orienta-nos para seguirmos sempre o melhor caminho

Olhe por nossa proteção e existência

Em nossa luta diária, dê-nos força para mudarmos o mundo

Para plantarmos a tolerância e a união,

E orientarmos os preconceituosos em direção ao respeito.


Pai,

Perdoai os homofóbicos

Eles não sabem o que fazem.


Amém!
(autor desconhecido)

Anônimo disse...

(Senhorita X) A familia da minha mãe é tda evangelic, meu irmão de 19 anos tbm e é super preconceituoso, já minha irmã de 14 anos é bem legal mas eles nem imaginam q eu sou lesbica, moro em outra cidade c minha avó paterna, e essa minha familia por parte de pai tbm é um pouco preconceituosa apesar de meu tio ser homosexual assumido. Uns anos atrás qndo eu começi a sair c uma menina (que é até hj minha namorada) meu pai desconfiou e me seguia fazia escandalo na rua, contou p minha mãe foi uma confusão horrivel, mas nunca assumi.. dpois passou mas até hj ninguem sabe. As vez tenho vontde d contar e pronto. a familia dela e super legal me adoram e sabem. E por sinal amanha a gente completa 6 anos de namoro. E acabamos de brigar :( tô triste...

Bjão

Laniane disse...

Quando se trata d religião e homosexualidade,sempre existe homofobia.fatoQuando se trata d religião e homosexualidade,sempre existe homofobia.fato

Anônimo disse...

Apoiado sua resposta aos comentários.É impressionate como as certas pessoas colocam a religião em tudo.Ai,ai....
LM/Bh.

Rosana Viera disse...

eu sou lesbica
mais se deus quiser eu nao serei mais
mais isso é uma opiniao minha porque eu nao sou feliz sendo homossexual.

Anônimo disse...

Nada é errado se nos faz feliz.
Eu cresci em uma igreja católica, com costumes tradicionais, acredito que sou o orgulho da minha família, canto na igreja desde que era bem novinha,hoje em dia toco violão, trabalho, faço faculdade, tenho uma vida muito boa apesar dos momentos difíceis que ja passei com minha família. Sempre me envolvi com belos rapazes, sempre fui a princesa, muito paparicada e nunca senti vontade alguma de ficar com meninas. Hoje estou namorando com uma linda moça que me arranca sorrisos facilmente, apesar de ela ja ser bem mais resolvida que eu,pelo fato de ser a primeira mulher que me relaciono, muita coisa ainda é muito nova pra mim,tem todo um lance com a minha família que por sinal a adora. O engraçado é que a familia dela tambem me adora e no final das contas ninguem sabe, podem suspeitar mas nao sabem da nossa boca. Ela saiu de um relacionamento de 2 anos com outra situação rs. Hoje o que eu sinto por ela é tão claro, tão cristalino que eu nao tenho dificuldade alguma de entender o quanto a amo e o quanto quero concretizar todos os nossos planos juntas. Foi tão dificil pra ela quanto pra mim,primeiro que eu nunca tinha me relacionado dessa maneira,e ela de certa forma nunca quis isso pra mim, me negou muito :( kk me deu varios foras por dizer que eu nao sabia o que dizia.. Hoje somos completamente feliz, sou extremamente apaixonada por ela e sei que é reciproco. Peço que Deus me abençoe mesmo sabendo que nao o agrada e que nao foi o que ele planejou pra mim, ou foi? porque nada passa despercebido aos olhos do pai, sei que ele ama o nosso coração e perdoa nossos erros, acredito em um pai celestial que nos quer ver feliz, que nos quer ver bem. Deus é amor, nao importa qual o tipo de amor,é justo todas as formas de amor. O importante é nunca tirar Deus da nossa vida, do guia dos nossos caminhos. Tenho 22 anos e minha namorada 27, acreditamos em Deus e entregamos nossas vidas a ele.

Postar um comentário

Comentários anônimos por favor coloquem um apelido para que possa identifica-las quando for responder.Só serão aceitos comentários que estão dentro do contexto do blog.Comentários agressivos ou de tom preconceituosos não serão aceitos.

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More