Subir Subir
sábado, 7 de maio de 2011

Irmãos: Inimigos ou aliados?


Eles deveriam ser nossos melhores amigos por natureza, mas nem sempre é assim que funciona. Eles podem dificultar muito nossa saída do armário, ou até mesmo nós colocar para fora de lá contra nossa vontade. Muitas meninas tem dificuldade em lidar com a familia mas quando o assunto é irmãos na maioria das vezes existe alguma rivalidade, pelo tratamento recebido por parte do pai ou da mãe, ou dos dois. Tendo seu irmão(ã) como inimigo deve-se tomar alguns cuidados:
  • Prestar um pouco mais de atenção nos momentos em que estiver falando ao celular, eles podem "sem querer" estar ouvindo.
  • Melhor que prestar atenção ao falar no celular, é não fofocar por ele, converse somente coisas básicas, deixe para soltar a língua pessoalmente e longe de todos. Se não for possível, vai de atenção mesmo.
  • Se dividirem o mesmo computador, experimente cada um usar a sua conta de usuário, colocando por tanto, senha altamente segura na sua.
  • Câmera digital: Se for fotografar algum momento "marcante ou especial" se é que me entende, não importa se é de madrugada que você chegou em casa, corra para o computador, passe as fotos e não confie muito em pastas ocultas ou protegidas, tente guardar essas lembrancinhas em e-mails, não é muito aconselhado guardar em redes sociais, mas se preferir, fique à vontade.
  • Evite receber e mandar cartas, presentinhos fofos com nomes.
  • Mantenha o histórico sempre limpo ou sempre inicie uma navegação privativa.
  • Não salve nomes de seus affair's no celular, pois podem ler alguma mensagem ou perceber que aquela garota que eles nunca ouviram falar antes, te liga com frequência. Invente um apelidinho ou codinome para elas.
Existe um outro lado que poucas vivemos mas que pode ser mudado tente ser amigo do seu irmão(ã) tente não sacanear ele(a) na primeira oportunidade com seus pais, mesmo que ela(e) faça isso se mostre melhor. Mostre-se interessada nos assuntos dela(e), quem sabe assim vocês terão a oportunidade de se tornarem ao menos pessoas que se respeitam. E com sorte ganhar um novo amigo(a).
Beijos da Garota L

6 comentários:

Anônimo disse...

Irmãos são seres muito complexos.
Eu e a minha irmã não conversamos, por n fatores, mas em relação a minha sexualidade foi que ela quem me fez "o favor" de contar pra minha mãe, meu pai e metade das pessoas que estavam a minha volta.
Foi algo realmente complicado, a minha mãe ficou muito tempo me olhando estranho, mas hoje a minha familia "aceita", por mais que a minha mãe ainda tenha vergonha de ter uma "filha que namora com uma menina"(ela nunca usa o termo lésbica ou gay pra se reverir a minha opção), os meus amigos são verdadeiros amigos e mesmo não entendo muito bem o porque, me apoiaram o tempo todo.
Mas a minha relação com a minha irmã, que nunca foi uma das melhores, hoje simplesmente não existe mais...

Garota L disse...

é verdade,muitos são os casos em que os irmãos nós entregam,literalmente nos tiram do armário.Comigo fico sempre atenta,mantenha uma postura de ignorar e nada como o tempo,para ajudara melhorar a convivência ou infelizmente se afastarem de vez.Beijos boa sorte!!!

Amy disse...

Eu tenho 15 anos e tenho uma irmã de 9 hehe,ela me enche o saco,mas eu amo essa pirralha S2 fazer oq rsrs (ninguem da minha família sabe que gosto de garotas tbm,nem minha irmã).

Anônimo disse...

Tipo assim eu sou bi tenho 14 anos e só alguns amigos(a) meus sabem e a pouco tempo contei a minha irmã ela tem 19 e ta fazendo psicologia, ela aceitou de booa só disse que tipo talvez isso seja só uma fase como eu sou adolescente posso ter só curiosidade ela disse que na minha idade ela tbm tinha mais que nunca gostou de mulheres e que quando eu era menor meus pais achavam que eu era lésbica e aii minha mãe me tratava muito mal e tbm disse que nossos pais iam ficam decepicionados então estamos de booa mais desde então não falamos mais sobre isso =( algum conselho?

LumahBritoOu disse...

No começo fou um pouco dificil mostrar a minha sexualidade mas sai de casa nao pra ir atras da minha felicidade nao abandonei minha pelo contrario ela ainda continua sendo umas das pessoas mas importantes da minha vida ou ate msm a mas, mas vlw a pena tenho 19 anos e hje sou muito feliz podem ter certeza...Bjuhhh

Anônimo disse...

Sai de casa pra poder fazer minha vida e ser feliz nao que eu nao era, mas eu creci e chegou a hora de cair fora hje to bem longe de casa sinto muita falta mas nao me arrependo hje eu posso dizer que eu sou feliz....

Postar um comentário

Comentários anônimos por favor coloquem um apelido para que possa identifica-las quando for responder.Só serão aceitos comentários que estão dentro do contexto do blog.Comentários agressivos ou de tom preconceituosos não serão aceitos.

Twitter Delicious Facebook Digg Stumbleupon Favorites More